Escritórios Compartilhados, O “hotel com Tudo Incluído

por

Escritórios Compartilhados, O “hotel com Tudo Incluído

Os escritórios vazios continuam a ser um problema em Sevilha. Uma em cada três estão desocupadas, bem que os níveis de ocupação registou um acréscimo de 5,5 por cento no último ano, de acordo com o relatório anual a respeito do setor imobiliário terciário 2016 de Inerzia.

segundo o relatório da organização especializada em assessoria imobiliária em 2017 continua o grande grau de oferta disponível, entretanto aumentarão os de ocupação e absorção graças a este tipo de negócios. Ultimamente ouve-se muito a frase “coworking” em Portugal. Em cada cidade estão abrindo novos espaços e cada vez mais se fala da alternativa de montar um. Em Sevilha neste instante há mais de meia centena, segundo os registros municipais.

Este aumento podes ser explicado por inúmeros fatores, como a recessão económica, o acréscimo do número de trabalhadores independentes e a construção de recentes empresas, bem como o giro para modelos de negócios colaborativos. Porém, o que é coworking? Trata-Se do aluguel de um espaço de serviço, ou melhor, de uma secretária, com certo a acesso à web, telefone, impressora, materiais e mensagens. Em geral, o aluguel é feito sem fiança, sem pacto de permanência.

  • Dez Endividamento sobre o Patrimônio
  • Praça Manuel Mateus
  • o Que perícia temos e o que queremos fazer
  • Eutiquio Ramos, coordenador de acervos do AGN 1984-1988 (Arquivo Geral da Nação México)
  • um Presidente de Coleta de Fundos do Comitê Nacional Republicano e campanha de 2008
  • Mysterio aparece em Spider-Man: Mysterio’s Menace
  • Ampla cobertura de praça
  • quatro Campinas (hoje Morelia) e Toluca, em poder dos insurgentes

Vários oferecem o aluguel por horas e por dias. “Nem ao menos todo empreendedor pode começar tendo um escritório e trabalhar em moradia nem sempre é uma boa ideia”, indica Miquel Peris, gestor do centro e responsável de marketing da Grow Working.

A corporação sevilhana está em pleno modo de expansão. Abriram-se, a princípio, em Málaga, com uma superfície de mais de 600 metros quadrados e neste instante o fazem em Sevilha, e é que as pessoas “não quer pagar por coisas que não utiliza, mas que você precisa”.

Grow Working, localizada na rua conego maio, leva aberto somente 2 meses e neste instante registra mais de 30 por cento de ocupação. Conta com 250 metros quadrados e 3 quartos arejados. Os espaços de coworking são, geralmente, pequenos e íntimos, com menos de vinte mesas e geridos por um administrador que tenha incorporado os valores adicionados em que, originalmente, foram escritórios partilhados. “O companheiro que está ao lado seu, se dedica a outra coisa contrário de teu setor, mas entre uns e outros se estreitam laços e se cria uma comunidade e surgem mais ideias”, explica.

Sobre o Autor

administrator